Caixa tem juro maior para classe média e perde espaço para rivais privados.

A Caixa Econômica Federal já pratica taxas de juros no crédito imobiliário superiores às dos concorrentes privados, o que fez com que o banco da habitação perdesse espaço nas operações com recursos da poupança, mais utilizadas pela classe média, no ano passado. No acumulado de 2018 até novembro, a participação da instituição pública caiu de 40,43% para 22,31%, conforme dados obtidos pelo Estadão/Broadcast, como resultado de uma política mais rígida para emprestar adotada pelo banco no intuito de reforçar seus indicadores de capital.

A redução da fatia da Caixa fica ainda mais evidente considerando que o financiamento imobiliário com dinheiro da caderneta, o chamado SBPE, cresceu no ano passado. Até novembro, foram concedidos R$ 51,33 bilhões em novos financiamentos, ante R$ 39,466 bilhões de igual período do ano passado. Enquanto o banco da habitação perdeu espaço, todos os concorrentes privados avançaram. O banco que mais ganhou mercado foi o Bradesco, cuja fatia passou de 18,21% em 2017 para 26,3%, considerando dados até novembro. Ao tomar posse na segunda-feira (7), o novo presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que o foco "número 1" da instituição será atender a população de baixa renda e que a classe média terá de pagar mais para tomar recursos para a compra da casa própria no banco.

Fonte: https://economia.uol.com.br/noticias/estadao-conteudo/2019/01/09/caixa-tem-juro-maior-para-classe-media-e-perde-espaco-para-rivais-privados.htm


Categoria:VIROU NOTICIA

Deixe seu Comentário