As normas de fiscalização dos serviços de transporte escolar na fase de execução dos contratos de licitação firmados com os municípios foi o tema exposto pelo coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Proteção à Moralidade Administrativa (Caopam) do Ministério Público estadual, promotor de Justiça Luciano Taques, durante o encontro da Rede de Controle da Gestão Pública do Estado da Bahia.

 

Realizado no auditório do Tribunal Regional Eleitoral, em dezembro, na capital baiana, o evento, que teve o tema ‘Aspectos Relevantes da Orientação Técnica nº 7/2019 da Rede de Controle sobre Transporte Escolar’, reuniu prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, gestores da educação, controladores internos, procuradores, promotores, auditores, demais gestores e cidadãos, além de integrantes da rede, que congrega instituições de controle e de fiscalização nos âmbitos federal, estadual e municipal.




As normas de fiscalização dos serviços de transporte escolar na fase de execução dos contratos de licitação firmados com os municípios foi o tema exposto pelo coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Proteção à Moralidade Administrativa (Caopam) do Ministério Público estadual, promotor de Justiça Luciano Taques, durante o encontro da Rede de Controle da Gestão Pública do Estado da Bahia.

 

Realizado no auditório do Tribunal Regional Eleitoral, em dezembro, na capital baiana, o evento, que teve o tema ‘Aspectos Relevantes da Orientação Técnica nº 7/2019 da Rede de Controle sobre Transporte Escolar’, reuniu prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, gestores da educação, controladores internos, procuradores, promotores, auditores, demais gestores e cidadãos, além de integrantes da rede, que congrega instituições de controle e de fiscalização nos âmbitos federal, estadual e municipal.


Fonte: http://cantinhodoruberval.blogspot.com/2020/01/transporte-escolar-este-assunto.html